Postagens

Mostrando postagens de 2013

Jesus e o Natal

Imagem
Hoje é natal! Mas o que significa o natal? Nessa breve reflexão não pretendo discorrer sobre a minha concepção a respeito da data, até porque respeito aqueles que divergem da minha opinião. Porém gostaria de chamar atenção sobre a necessidade de praticarmos diariamente os valores propagados e difundidos pela ação do "espírito natalino". Sei que é um grande desafio, mas acredito que o natal pode se repetir 365 dias por ano através da aplicação prática dos valores da família, do perdão, da fraternidade e da verdadeira espiritualidade.           Em relação aos símbolos da festa natalina (árvore de natal, papai noel, ceia, etc.) não vejo nenhuma correlação com o nascimento do Cordeiro de Deus. Creio que o verdadeiro sentido desse momento deve orbitar na importância da unidade familiar, na prática abnegada do perdão, na fraternidade entre as pessoas sem nenhum tipo de distinção ou discriminação e acima de tudo na relevância do nascimento, da vida, da morte e da ressurr…

Uma Igreja Relevante

Imagem
Começo essa reflexão com a seguinte pergunta: O que sentiriam as pessoas descrentes que moram próximas a minha ou a sua congregação se as mesmas fechassem as portas? Com certeza existem várias respostas para essa indagação. Uns ficariam felizes, pois foi-se embora o barulho e a bagunça no trânsito, outros simplesmente não sentiriam falta alguma e alguns poucos poderiam até sentir saudades. O que está por trás dessa questão é:  Nossas igrejas são ou não relevantes no local onde estão inseridas?           Estava a pouco lendo uma matéria sobre alguns motivos que estão afastando as pessoas da igreja. Foram destacadas quatro razões principais: a atitude de condenação presente na igreja; a falta de um ensino aberto ao dialogo e ao questionamento; a incoerência entre o que se prega e o que se vive e  a falta da centralização da pregação em Deus. Concordo em gênero, número e grau com essas observações, mas o problema vai mais longe.           Estamos a seis dias do aniversário de …

Liberdade Financeira

Imagem
Nos últimos dias participei de um treinamento Crown na Igreja Batista de Manaíra em João Pessoa-PB. Já conhecia a algum tempo esse ministério e o excelente trabalho desenvolvido pela UDF (Universidade da Família), mas ainda não havia participado de nenhum de seus seminários. Através de ministrações dinâmicas e profundas percebi o quanto a Igreja está aquém dos princípios bíblicos relacionados a dinheiro e a administração de recursos e que por isso tem permanecido nas garras de Mamon.           São seminários de curta duração que objetivam através da exposição aos princípios bíblicos, da reflexão e do debate em grupo levar os cristãos não somente ao conhecimento, mas ao exercício prático dos ensinamentos sagrados. Por incrível que pareça a Bíblia se refere 2350 vezes ao dinheiro, norteando praticamente todos os aspectos relacionados ao tema. Através dos cursos compreendemos melhor o papel que o Senhor deve ter em nossa vida financeira; o que as dívidas representam para uma f…

A Arte de Mentorear

Imagem
O termo mentoria tem sido muito usado em nosso dias, mesmo que boa parte daqueles que dele fazem uso desconheçam do que se trata. Essa função é desenvolvida em todos os segmentos da sociedade, podendo ser aplicada de forma casual ou não. Segundo o dicionário mentoria é: "Ser responsável pela idealização ou pelo planejamento de alguma coisa, para cuja execução influencia o comportamento de outrem".             O sentido espiritual desse exercício é um pouco mais amplo, pois a influência vai além do incentivo as conquistas materiais, compreendendo o próprio estilo de vida e comportamento. Desde os primórdios vemos a importância da mentoria na formação do homem e que sem essa ferramenta o desenvolvimento pessoal torna-se mais lento e precário. Hoje, principalmente no meio evangélico, observamos vários líderes que se auto-intitulam mentores, mas que não primam verdadeiramente pelo amplo crescimento de seus discípulos, pelo contrário amealham um grupo de seguidores com…

Vazio Interior

Imagem
Em nenhum momento da história tivemos à nossa disposição tanto lazer e entretenimento como nos dias atuais. Em contrapartida vivemos na era dos antidepressivos e da depressão como a "doença do século", ou seja, estamos diante de um verdadeiro paradoxo. Nunca compreenderemos esse fenômeno se não o analisarmos à luz da escrituras sagradas. O panorama bíblico mostra que quanto mais o homem afasta-se do Criador e se acerca de ilusões e fantasias, mais aumenta o seu vazio interior.           Quando penso nesse assunto gosto de estabelecer o jogo quebra-cabeça como um paralelo, pois, Deus ao formar o homem, o fez propositalmente com um espaço que só pode ser preenchido com a Sua presença, um vácuo do tamanho do Altíssimo. Dessa forma só encontraremos a paz e a tão sonhada felicidade quando permitimos a entrada do divino em nossa existência.           Jesus nos afirma no capítulo quinze, versículo cinco do evangelho de João que sem Ele nada podemos fazer, o que nos leva …

A Arte de Recomeçar

Imagem
Recomeçar é uma arte, pois, a vida nos apresenta uma série de situações que por vezes nos obrigam a iniciar novamente a caminhada. A maioria de nós em algum momento olha para os lados, faz uma reflexão e compreende que é necessário dar um passo mais ousado ou até mesmo voltar e começar tudo de novo. Sempre me inspiro em personagens bíblicos e vários precisaram encarar o recomeço. Como exemplo poderia citar uma lista, mas vou me deter a Moisés. Li certa vez uma frase e achei muito interessante. Ela dizia: "Moisés passou quarenta anos pensando ser alguém, depois mais quarenta descobrindo que não era ninguém e por fim encarou os últimos quarenta sendo um ninguém usado por Deus". Uma abordagem perfeita acerca do patriarca hebreu.           Este grande líder de Israel passou por dois recomeços, para enfim cumprir o propósito de Deus para sua vida. Primeiro, depois de viver na abundancia, como neto do faraó, se vê obrigado a fugir por ter matado um egípcio e passa a viv…

O Despertar de Uma Ditadura

Imagem
Na aurora do século XXI vemos no Brasil o despertar da ditadura esquerdista/gay, que assim como todo regime autoritário, visa vitimar em primeiro lugar a liberdade de expressão. Com a ascensão do PT ao governo temos visto com espanto, o uso da máquina pública para o cerceamento da imprensa e para a promoção de um sistema de valores que confrontam diretamente a família e a nossa formação predominantemente cristã. Em mais um capítulo dessa história grotesca assistimos o Conselho Nacional de Justiça afrontar a própria Constituição Federal e usurpar a função do Congresso Nacional ao exigir que os cartórios do Brasil oficializem o casamento gay, matéria que é de competência do legislativo brasileiro.            Os ativistas logo bradarão que no Congresso uma matéria assim não passa. Então por que não aceitam um plebiscito nacional com o objetivo de arguir cada brasileiro sobre a sua opinião sobre o assunto? Não, preferem por meio de atos nada republicanos ou democráticos obrigar …

Chamados para a Missão Integral

Imagem
Quando falamos em missão no segmento evangélico, logo nos vem a mente a tarefa que nos foi confiada por Cristo, ou seja entendemos por missão à propagação do Evangelho da salvação. Isso não está errado, mas a compreensão do termo é muito mais ampla. Antes de nos comissionar para semearmos as boas novas, Cristo nos chamou para experimentá-las. Somente posso testemunhar a respeito daquilo que conheço. Fazer a obra de Deus está intrinsecamente ligado a ser a obra de Deus em toda sua plenitude.            Quando aceitamos ao Messias como Senhor e Salvador de nossas vidas ocorre em nós uma transformação muito profunda e passamos da condição de escravos do diabo para a de filhos do Pai eterno,o que consequentemente levará todas as áreas de nossa vida a uma intensa mudança. Essa metamorfose espiritual redefinirá a nossa escala de prioridades, além de nos conduzir a uma existência com propósito. Ai está a chave que destrava a compreensão, pois a missão integral só poderá ser desenv…

Mais Relacionamento, Menos Religiosidade

Imagem
Quando contemplamos o sacrifício de Cristo podemos dimensionar o tamanho do seu amor. Segundo o Apóstolo Paulo, tudo se justifica pelo enorme anseio de Deus em reconciliar a humanidade consigo mesmo. Reconciliação fala de restauração de relacionamento, sendo assim, entendo que o objetivo máximo do Pai ao entregar o Filho, foi se reaproximar de cada um de nós. Deus quer resgatar a intimidade perdida no Éden. O próprio Jesus exemplificou isso, através da parábola da videira, enfatizando que os galhos só subsistem se ligados à planta e que sem Ele nada poderíamos fazer.           Como então podemos construir um verdadeiro relacionamento com o Eterno? Da mesma forma que edificamos uma amizade com o nosso próximo, ou seja, através do diálogo e do tempo dispensados um ao outro. A religião, termo do latim "religare" que significa religar o homem a Deus, nasceu com essa finalidade, mas, pela ação dos homens foi perdendo seu significado e transformando-se em um simples con…

Resgatando a Páscoa Judaico-Cristã

Imagem
Não é meu objetivo traçar um estudo teológico nas próximas linhas, mas simplesmente discorrer sobre a visão bíblica a respeito do sentido da páscoa, tanto no prisma judaico, quanto no cristão. É do conhecimento de todos que o estabelecimento dessa festividade se deu no êxodo do povo de Israel, quando lutavam pela liberdade no Egito. Naquela ocasião pelo advento da última praga; a morte dos primogênitos. Deus ordenou a Moisés que orientasse o povo a respeito do significado de tudo aquilo que estava acontecendo, desde a morte do cordeiro até a saída do povo em direção ao deserto, passando pelo livramento dado aos primogênitos dos judeus. Aquele ritual deveria ser lembrado por todas as gerações perpetuamente.           Para os hebreus a Páscoa é uma lembrança do livramento do Senhor na noite do Êxodo e deveria ser comemorada em Abibe, primeiro mês do calendário judaico. Naquele mês, do 14º ao 21º dia, o povo de Israel comeria pães asmos e ervas amargas; se absteria de comidas …

O Bom Pastor

Imagem
Certa vez Jesus definiu-se como o bom pastor, ressaltando que por isso daria a vida por suas ovelhas.  Meditando no Salmo 23 podemos destacar as virtudes de um pastor segundo o coração de Deus. Segundo a Bíblia o sacerdote que cumpre com fidelidade ao seu chamado precisa:
1. Amar o rebanho do Senhor - No evangelho de João, capítulo 21, versículos 15 a 17, Jesus por três vezes pergunta a Pedro se ele o amava e todas as vezes o apóstolo repetiu que sim, sendo sempre   interpelado por Cristo a apascentar o seu rebanho. A maior manifestação de amor a Cristo que um pastor pode dar é apascentar as ovelhas do Bom Pastor.

2. Guiar o rebanho do Senhor - O escritor americano Eugene Peterson, em seu livro O Pastor Segundo o Coração de Deus ressalta que a função mais importante de um guia espiritual é ouvir a direção de Deus e transmiti-la ao seu povo. Vemos que Moisés, o maior líder de todos os tempos depois de Cristo, orientou a nação de Israel pela peregrinação no deserto sempre busca…

Prioridade Seis: Vida Social

Imagem
Concluindo a série Estabelecendo Prioridades, gostaria de tratar sobre vida social, tal assunto parece menos relevante em relação as outras áreas de nossa vida, mas não é! A vida social é tão importante quanto a vida espiritual, conjugal, familiar, ministerial e profissional. Através dos relacionamentos sociais nos expomos ao mundo e a sociedade em geral. Através dessa exposição podemos ou não exalar o bom perfume de Cristo.           Existe um jargão popular que diz: "É fácil ser cristão dentro da Igreja". Realmente é bem mais simples transmitir uma imagem positiva dentro de um ambiente que me inspira para isso, porém, assim como um ex-dependente químico só colocará sua recuperação à prova fora dos portões do centro de recuperação, um cristão só porá seu testemunho em evidência fora das paredes da congregação. O próprio Cristo em paráfrase falou sobre a necessidade do sal estar fora do saleiro.           Observe e veja como Deus lhe dá oportunidades diárias para …

Prioridade Cinco: Vida Profissional

Imagem
A vida profissional é tão importante quanto as outras áreas de nossa vida. Infelizmente muitos cristãos a negligenciam e por isso experimentam a maldição da ruína e da escassez. Na Bíblia, mais precisamente na epístola aos Efésios, capítulo 6, versículos de 5 a 7, encontramos a seguinte recomendação: "Vós, servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo; Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus; Servindo de boa vontade como ao Senhor, e não como aos homens". Ou seja, devemos nos portar no ambiente profissional da mesma forma que no eclesiástico, honrando o nosso patrão como honramos a Deus.            É necessário compreendermos que o trabalho honesto é bênção de Deus. Através deste temos legalidade para prosperar financeiramente. Outro versículo que me chama atenção está em Provérbios, capítulo 10, versículo 4: "As…

Prioridade Quatro: Vida Ministerial

Imagem
Hoje abordaremos a quarta prioridade da série Estabelecendo Prioridades. Trata-se da vida ministerial. Assim como devemos designar um tempo para a vida com Deus, com o cônjuge e com a família, o mesmo devemos fazer para com o ministério, pois é nesse ponto que exercitamos a nossa fé, plantando as sementes que durarão por toda eternidade.
          Gosto particularmente de tratar sobre o assunto, principalmente pela possibilidade de desconstruir alguns paradigmas, tais como:  somente alguns no corpo de Cristo são chamados para o ministério, existe o ministério de tempo integral e parcial e o ministério é determinado pela função que se ocupa na igreja local.            O primeiro dogma que gostaria de tratar é a ideia tão difundida de que somente algumas pessoas no Corpo de Cristo são chamadas para desenvolverem um ministério. Isso é um engano! Veja o que o Apóstolo Paulo escreveu em 2ª Coríntios, 5: 18: "E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por …

Prioridade Três: Vida em Família

Imagem
Gostaria de começar essa postagem tecendo um pequeno comentário sobre o último filme dos irmãos Kendrick, intitulado "Courageous", "Corajosos" em português. O drama retrata a vida familiar de um grupo de amigos, membros de uma corporação militar, que diante da morte trágica da filha de um deles, decidem dirigir suas famílias de acordo com os princípios bíblicos. É uma bela estória, que emociona do início ao fim. O longa destaca a importância fundamental dos pais na formação integral dos filhos e que a falta dessa participação é a maior causa da degeneração generalizada vivida na sociedade atual.           Refletimos nas publicações anteriores sobre a importância de colocarmos ordem em nossa vida interior, para que pudéssemos lograr êxito nos desafios que temos pela frente. Já abordamos sobre a importância de colocarmos Deus em primeiro lugar em nossas vidas e sobre a importância de estabelecermos através do casamento uma aliança com Cristo e com o nosso …

Prioridade Dois: Vida com o Cônjuge

Imagem
Continuando com a série Estabelecendo Prioridades, abordaremos hoje a importância de estabelecermos um relacionamento conjugal saudável. Assim como refletimos na publicação anterior, onde destacamos a importância de colocarmos a vida com Deus como primazia para com isso alcançarmos o sucesso em todas as áreas de nosso viver, de igual forma deve acontecer com o casamento. Haja vista, que nele é formado o lar, o ambiente indispensável para a formação e manutenção de uma família abençoada.           Quando falamos de casamento à luz da Bíblia, falamos de uma aliança a três: homem, mulher e Deus. Entendemos então que a base para a sustentação desse pacto está no Senhor, portanto, à Sua Palavra deve nortear todo o relacionamento. Infelizmente vivemos numa sociedade imersa numa completa inversão de valores, que a cada dia se afasta mais do propósito do Criador. Essa transgressão tem cobrado um preço cada vez mais caro. Veja que a medida que os valores familiares vão sendo degrada…

Prioridade Um: Vida com Deus

Imagem
Como abordamos na postagem anterior, devemos estabelecer uma lista de prioridades em nossa vida, para com isso pôr ordem em nosso mundo interior. Sem dúvida, o primeiro objetivo é a vida com Deus, pois, disso dependerá todos os outros. Ter um relacionamento intimo com o Senhor consiste basicamente na prática diária da oração e da meditação nas escrituras sagradas, tendo em vista, que esses são os únicos caminhos para falarmos com o Criador e vice versa.           Através do devocional diário construiremos uma amizade com o Cristo à semelhança do que ocorre no nosso círculo de amigos, onde conhecemos as pessoas e à medida que passamos tempo com elas aumentamos ou não o nosso nível de intimidade. Se dedicamos muito tempo a alguém, maior será o nosso nível de intimidade com essa pessoa, em contrapartida, se passarmos pouco tempo com a mesma, menor será a nossa proximidade e se não desfrutarmos nenhum tempo, consequentemente não teremos amizade alguma. Por meio dessa analogia p…

Estabelecendo Prioridades

Imagem
A cada início de ano temos como prática o estabelecimento de objetivos a serem alcançados; tais como: perda de peso, aquisição de bens, viagens, etc... Infelizmente, a maioria de nossos alvos não se tornam realidade. Como publiquei na postagem anterior, não há nenhum poder transformador ou místico na virada do ano, mas existe a possibilidade de fazermos as coisas de maneiras diferentes para obtermos resultados diferentes. Lembro-me de um livro que li no início de minha caminhada cristã, intitulado: Ponha ordem no seu mundo interior, do pastor e escritor norte americano Gordon MacDonald. Através dessa leitura aprendi algo poderoso, que pode nos levar a ter êxito na conquista dos nossos alvos.           O autor faz o paralelo entre uma ponte de comando de um navio e as áreas de nossa vida. Gordon mostra através de comparações, que assim como a ordem de prioridades é fundamental para o bom desempenho da embarcação, o estabelecimento de prioridades é indispensável para sermos b…

Feliz Dois Mil e Sempre

Imagem
Mais um ano se inicia e com ele renovamos as nossas expectativas por dias melhores. Esse rito que se repete a cada 365 ou 366 dias é carregado de uma atmosfera mística de mudanças. Mas afinal: Que poder tem o ano novo para transformar as nossas vidas? Estou convencido que nenhum. Mas então: Devemos encarar a virada de ano como apenas a passagem de um dia para o outro? Também não, antes devemos aproveitar essa oportunidade para refletirmos sobre a vontade de Deus para cada um de nós e dessa forma procurarmos com afinco nos tornarmos pessoas melhores.           Com certeza a melhor maneira para começarmos e terminarmos o ano bem é aplicarmos em nosso viver os princípios contidos na Palavra de Deus. Hoje pela manhã iniciei mais uma vez a leitura do livro dos Provérbios e me vi novamente diante de verdades que podem nos mudar completamente. Li sobre a excelência da sabedoria e sobre como sofrem aqueles que a desprezam, aqueles que perseveram em desobedecer a Deus. Prossegui em …