Perfil


Sou casado há dezoito anos com Verônica Macedo Costa, com quem tenho dois filhos, Israel e Sarah Macedo. Atualmente exerço o ministério no presbitério da Igreja Cristã Eterna Aliança, na cidade de Parnamirim, região metropolitana de Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Entrei para o ministério em fevereiro de 2000, na época com dezenove anos, prestes a completar vinte. Naquele mês, eu e minha esposa fomos desafiados pelo pastor Joubert Gonçalves a iniciarmos uma congregação da Igreja Batista Nacional no bairro do Paranã III, no município de Paço do Lumiar-MA (Região Metropolitana). Ali, no período de um ano reunimos em torno de trinta pessoas, alugamos um local para o funcionamento dos trabalhos, que mais tarde foi adquirido pela congregação e compramos um terreno, que hoje abriga a sede social da igreja. A IBN Paranã atualmente é pastoreada pelo casal Djalma e Honorina Rocha.

No mês de Março de 2001 recebemos a missão de pastorear a Igreja Batista Nacional na Vila Bacanga, São Luís-MA. Ali encontramos alguns problemas internos e poucos irmãos, que perseveravam em se congregar. Sem demora, iniciamos um trabalho de resgate dos membros perdidos e de evangelização. Em 2002 alcançamos o sonho da construção do templo atual, que tem capacidade para 250 pessoas. Foi um período de muitas lutas, mas também de grandes vitórias.

No ano de 2003 iniciamos uma célula evangelística que rapidamente se multiplicou no bairro da COHAMA, trabalho que no final do mesmo ano transformou-se na Igreja Batista Nacional na COHAMA, hoje pastoreada pelo casal de pastores Wilson e Deca.

Entre a administração das duas igrejas, fui comissionado como interventor na Igreja Batista Nacional Filadélfia, na Cidade Operária, onde permaneci por nove meses, desenvolvendo um árduo trabalho de reestruturação. Infelizmente, no ano de 2005, por motivo de saúde, entreguei o pastoreio das igrejas na Vila Bacanga e na Cidade Operária. Hoje esses trabalhos são liderados pelos casais Esdras e Amanda Rocha e Daniel e Carmem Humberg, respectivamente.

Desenvolvemos um trabalho profícuo à frente da congregação na COHAMA. Liderei esse rebanho até Março de 2010, quando por motivos e convicções pessoais me desliguei da AMIBAN (Associação de Missões e Igrejas Batistas Nacionais) e da CBN (Convenção Batista Nacional), deixando para a AMIBAN tudo o que havia sido edificado naquele lugar. Passei um ano e meio sem vínculo denominacional. Nesse período concentrei meu trabalho na carreira profissional até o final de 2012. Confesso que foi um período difícil, onde me senti muito cobrado pelo meu chamado pastoral, o que me levou a tomar a decisão de voltar ao ministério em tempo integral.

Em setembro de 2011, por direção divina procurei o pastor Joaquim Neto, líder da Igreja Batista do Angelim em São Luís-MA. Ali, depois de um tempo em observação fui integrado à sua equipe ministerial, passando a desenvolver o projeto Lares de Paz, tanto na IBA, quanto nas igrejas aliançadas ao Angelim. No final de 2012 fui desafiado por Deus a deixar a atividade na área política e a voltar a concentrar o meu foco no ministério pastoral. Decididos, eu e minha esposa começamos a orar a Deus e Ele nos respondeu abrindo às portas em Natal, no Rio Grande do Norte. Com a benção do nosso pastor e de toda a aliança ministerial partimos no inicio de 2013 para esse novo desafio.

Iniciamos assim os trabalhos da Igreja Batista da Família, congregação independente que nasceu com o objetivo de ser um lugar de proclamação das boas novas do Reino de Deus e de restauração e edificação de famílias. Por mais de dois anos permanecemos independentes até que em meados de 2015, por direção divina, decidimos nos filiar a Igreja de Deus no Brasil.

Em Julho de 2015 a Igreja Batista da Família passou a integrar a Convenção das Igrejas de Deus no Brasil, assumindo o nome de Igreja de Deus em Nova Parnamirim. Ratificamos que nossa filiação não alterou nosso trabalho, sempre voltado para a estruturação e restauração de famílias. No final de setembro de 2017 após um período de oração e reflexão ministerial, eu e minha família decidimos solicitar o nosso desligamento da Igreja de Deus no Brasil. Durante os dois anos que estivemos na denominação fomos abençoados e também abençoamos o ministério com o crescimento numérico e estrutural do trabalho. A igreja hoje é liderada pelo Bispo Eraldo Xavier, supervisor distrital da IDB no RN.

Em outubro de 2017 assumimos a liderança de uma pequena congregação independente que vinha enfrentando algumas dificuldades e imediatante começamos um trabalho de reestruturação. A igreja passou a se chamar Comunidade Cristã Reconciliar, por ter o seu foco no cumprimento da Grande comissão. Continuamos servindo no Reino de Deus através do ministério de implantação de igrejas. 

Após dez meses, em agosto de 2018, em consenso com os irmãos da Comunidade Cristã Reconciliar, decidimos nos juntar a Igreja Cristã Eterna Aliança. A convite do pastor Júnior Henriques passei a integrar o presbitério da referida igreja, onde tenho desenvolvido o meu chamado com ênfase na pregação e no ensino bíblico.

Comentários

  1. EU TIVE A HONRA E O PRAZER DE CONHECER O AMADO PASTOR NA CONVENÇÃO REALIZADA EM SÃO JOSÉ DE MIPIBU, UM HOMEM DE DEUS, PARABÉNS PASTOR E QUE O SEU MINISTÉRIO CRESÇA NA GRAÇA E NO AMOR DE CRISTO MAIS E MAIS.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O que você achou desse post?

Postagens mais visitadas deste blog

Cristianismo A La Carte

A COROA DE ESPINHOS

A SÍNDROME DO FILHO PRÓDIGO

As Cinco Marcas de um Líder Enganador

Deus e Sua missão entre os Homens